AORTA2708-45

Marketing Político e estratégias eleitorais

É um erro pensar que campanhas de excelência começam a serem feitas no ano da eleição, é preciso antecedência para construir a reputação do candidato além de ser mais fácil no meio digital o impulsionamento nos anos em que não há período eleitoral.

Isso porque, há uma série de medidas tomadas pela Meta (novo nome dado à empresa Facebook) que diminuem a entrega orgânica de conteúdos e dificultam a circulação de dinheiro e contratação de publicidade em campanhas.

O Marketing Político é essencial para garantir a construção da identidade do candidato e a estratégia de como ele se comunica com os eleitores, guiando a forma como é visto e o engajamento que pode ajudar nos compartilhamentos espontâneos.

Seth Godin diz que “As pessoas que conseguem espalhar suas ideias – independente de que ideais sejam – vencem”, na política é exatamente essa a base da campanha eleitoral, usando estratégias de comunicação para espalhar os ideais defendidos pelo candidato.

É preciso conhecer o eleitor de forma profunda, saber o que ele pensa, o que o faz mudar de ideia e como persuadi-lo. Através do desenvolvimento de uma marca que será a base da campanha e bons conteúdos feitos de forma profissional, o candidato passa a criar uma comunidade que o seguirá e ajudará no compartilhamento de suas ideias. Candidatos que se comunicam com o eleitorado são vistos e notados, ficando marcados e agregando popularidade que é notada nas urnas. É preciso conhecer as leis eleitorais e estratégias da comunicação para garantir uma campanha vitoriosa.